kuratiinjapan-remix

quinta-feira, dezembro 21, 2006

texto alheio

O bêbado e o motorista

O acidente de carro de agosto em Fukuoka onde o motorista bêbado bateu e jogou o outro carro de uma ponte rio abaixo, matando por afogamento as 3 crianças pequenas que ficaram no carro, indignou a opinião pública do país pelo fato dos pais das crianças terem feito de tudo, nadar e mergulhar por diversas vezes ao fundo escuro do rio para tentar tirar os pequenos que logicamente nao sabiam nadar, de dentro do carro amassado, enquanto que o motorista bêbado dos seus 22 anos tentou fugir do local sem sucesso, já que o seu carro estava bastante avariado e acabou parando a 300 metros do local do acidente. O motorista tinha tentado fugir para justamente esconder o fato de que estava completamente bêbado.As autoridades japonesas tentam controlar o álcool no trânsito, mas a realidade é diferente. Logo depois do acidente, em setembro, a polícia japonesa fez um verdadeiro arrastão, um blitz noturno nas principais vias de todo o país, e apesar de todo o impacto que o acidente de Fukuoka causou foram encontrados 1126 motoristas alcoolizados ou bêbados numa noite de sexta. No mês seguinte, em outubro, repetiu-se o blitz na noite de 27 (primeira sexta-feira apos o recebimento do salário para a maioria dos trabalhadores) e encontrou-se 1053 motoristas alcoolizados dos quais 17 foram presos por estarem "pra lá de chumbado". A polícia ainda informou que houve 760 motoristas alcoolizados que não receberam punicao por não terem atingido o índice de 0.15mg/L de alcool no bafômetro, esses beberam mas conseguiram se safar. Diferentemente do que pretende o rigor da lei de trânsito, o álcool no trânsito vai persistindo, e em se tratando do avanço tecnológico desse pais, logo logo podem achar um jeito do motorista enganar ate o bafômetro. Mas os brasileiros nao devem ir por esse caminho e arriscar a levar um antecedente criminal nas costas, o que comprometeria na hora de renovar o seu visto. É o que diz o slogan da campanha de trânsito "Se beber não dirija, se for dirigir não beba".

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home