kuratiinjapan-remix

terça-feira, outubro 02, 2007

Tokyo game sucks!!!!



O texto a seguir é grande e sem conteúdo.





Well,o Tokyo Game Show,ou TGS para os íntimos é um dos maiores eventos de games do mundo.Talvez venha a se tornar o número um,rivalizando apenas com o ¨Games convention¨,que é o evento europeu.Ambos os eventos ganharam força com a mudança de formato da toda poderosa ¨E3¨americana,que até o ano passado era o melhor evento de games do planeta e foi reduzida a feirinha neste ano.
De cara já não esperava muito desse evento,já que o que teremos em termos de máquinas nos próximos 2 ou 3 anos ,já está no mercado.Como não tinhamos nada de novos aparelhos,o holofote ficou em cima dos jogos,que é o mais importante,já que uma boa máquina sem bons jogos não sobrevive.O problema é que com a velocidade da informação da era internet e de novas tecnologias de tranmissão de dados ,mais a montanha de bons sites de jogos trazendo informações constantemente,ficamos sem surpresas.Tudo o que poderia ser uma novidade no evento já foi anunciado em algum lugar da net.
-Ah,mais tinha o demo de Metal Gear Solid...sim,o mesmo demo que já havia sido mostrado pelo próprio criador e jogado no You tube.
-Ah,mas dava pra testar o remake de Final Fantasy 4 do DS...não vou ficar mais de uma hora na fila pra jogar um demo de um jogo que sai em dezembro e que já tem toneladas de imagens e vídeos na internet ,que trazem muito mais informação do que 10 minutos de teste.

Essa eu vejo todos os anos.O pior é que o jogo é uma merda,mas continua saindo pra um monte de plataforma.Dessa vez para o Wii.

Haruhi,anime hit entre os nerds de plantão vai ganhar versões para ps2 e PSP,sendo que essa última merece uma olhada com mais carinho .

Não podia faltar o stage com meninas de bikini,marca registrada do evento.

Sinceramente,a única novidade mesmo foi o anúncio dos novos jogos da franquia Kingdom hearts,que sairão para DS,PSP e telefones celulares.Isso numa exibição privada da Square Enix,em que neguinho ficava uma hora na fila.
O evento em si,foi quase um repeteco do ano passado,só que com público muito menor.


deka esporta,o wii sports vagabundo da hudson.Bom o joguinho de vôlei e o Badminton até que ficaram praticáveis.


O estande da CAPCOM,trazia em destaque Devil may Cry 4.O mesmo jogo que vimos em imagens em 2005 e em demo no ano passado.Já vi tanto esse jogo em imagens,vídeos e demos que eu nem quero mais jogar.
O chamariz do evento foi Metal Gear Solid 4.Estande da Konami lotado .Lotado para ver migalhas e testar migalhas.Claro que tinha Metal Gear Solid online ,uma novidade,para testar,mas até aí nada de extraordinário.Winning eleven?A versão nova do Ds é mesma porcaria que a anterior.As versões de PS3 e Xbox 360, não me animaram muito.

O novo PSP,mais leve ,e com alguns acessórios legais como receptor de tv digital e cabo pra jogar na tv(vendidos separadamente).Se você ainda não comprou ,não se desespere,as novidades são tão poucas,que vale a pena esperar a poeira do lançamento baixar.Jogo que é bão nada....


duel love,o jogo para homossexuais...ops,brincadeira,mas ainda volto a escrever sobre essa porcaria.


A Sega estava com um estande bacana.Com Nights,continuação de um dos melhores jogos da década de 90,caindo como uma luva para o Wii remote.A terceira versão do jogo Ryu ga gotoku também era um chamariz no site da empresa,com direto a gueixa na entrada da área de testes.

Ninja Gaiden 2 para Xbox 360 foi o must da violência .O jogo que podia ser testado ,mostrava a nova arma do protagonista:uma foice.Com esse utensílio do inferno,o personagem realiza um banho de sangue decapitando e cortando ao meio quase todos os inimigos.Visualmente o jogo está no mesmo patamar da versão Sigma de PS3.Já Ninja Gaiden do Nintendo DS me deixou animado.Um jogo de portátil com os mesmos requintes das versões maiores.E o melhor é que é possível fazer tudo com a tela de toque,desde movimentos,até ataques especiais.
A Bandai-Namco também nada inovou.Tinha gundam,Dragon Ball,Tales of alguma coisa...o mesmo de sempre.
Surpreendente é o número de jogos para DS.Tinha lançamentos para DS em quase todos os estandes.Claro que a maioria dos jogos não passa de lixo,já que só as big produtoras conseguem aproveitar a capacidade do portátil de maneira decente(entenda Square Enix e Konami).
No mais,bem nada de mais,esse foi o pior TGS que visitei.Não dá vontade de escrever mais nada sobre o evento,que foi bem fraquinho.Fraquinho de brindes ,de sacolas,de mulher e tinha umas cosplayers bacanas,mas era naquele esquema bonitinha de fantasia ,e um monstrinho sem produção.


Jogos de celular aos montes.Até Bio hazard 4 ....uma bela porcaria,mas surpreendente pra um celular.



Viagem

Bom foi a primeira vez que fui de carro até o Makuhari Messe.Mais de 400 km de Kariya ,na província de Aichi,onde resido.Encarei essa aventura com o Eyaro,companheiro de TGS ,desde 2004.Fui até Hamamatsu,cidade-brasil,e de lá rumamos até a província de Chiba,onde aconteceu o evento.Sim,o nome do evento é Tokyo Game Show,mas o evento acontece mesmo é na província vizinha de Chiba,mas devido a proximidade,o evento ganha o nome da capital japonesa.O mesmo acontece com a Disney que também fica em Chiba,mas se chama Tokyo Disney.
Saimos de Hamamatsu ,as 3 da manhã, e íamos a mais de 100 por hora na rodovia expressa Tomei,que faz a ligação entre as metrópoles Nagoya e Tokyo.Só que lá pelas 5 da manhã,aconteceu um acidente ,um pouco antes de Tokyo que nos deixou trafegando a passos de tartaruga por mais de uma hora.O acidente envolveu 3 caminhões,sendo que um deles capotou.Deu pra ver o tamanho do estrago.Legal que aqui no Japão tem uma estação de rádio que informa sobre as condições de tráfego da rodovia onde vc está,foi por ali que ficamos sabendo o motivo do tráfego lento.
Mesmo com esse contra-tempo,ainda chegamos antes do evento começar .Destaque pra organização do estacionamento do Makuhari Messe .Quando entramos na área de parking, havia um guarda indicando exatamente onde deveríamos parar e assim repetidamente com os outros motoristas que iam chegando.


Não foi só o Eyaro que foi com a camisa de dragon Ball,acho que vi mais uma dezena de pessoas laranja pelo evento.


Ingressos em mão ,ainda tivemos que esperar um tempo nas filas,antes do evento começar.Um calor infernal.Mas logo as filas começaram andar e em poucos minutos já estávamos dentro do gigantesco pavilhão de exposições do Makuhari Messe.Evento vai,evento vem ,encontramos com a Dany,amiguinha que desde 2005 é também presença constante no TGS.A Dany, que vem sempre acompanhada de um monte de seguranças ,mas que dessa vez trouxe apenas o irmão e a assessora de imprensa.O evento estava tão chato,que a Dany não testou quase nada e acho que foi lá mais pra falar com a
gente ,do que pra saber as últimas do mundo dos games.Quando decidimos testar alguma coisa ,ela fugiu ,tinha que colocar um piercing no olho.Whatever,foi bom rever a Dany ,o Gackt e a assessora de imprensa,espero ver vocês de novo na TGS do ano que vem ou quem sabe na JumpFesta em dezembro.

Dany e Gackt....

Bom,fim de TGS,desolação pela chatice que foi o evento,e hora de pegar a estrada novamente.Mais 5 horas de viagem até hamamatsu e depois mais uma horinha até Kariya.Mas aí decidimos ir até Akihabara.Já estavamos perto mesmo....trânsito, mais algumas frescuras do navegador do PSP nos fizeram chegar lá por volta das 8 da noite.Quase tudo fechado,mas deu pra curtir ,e ver que a noite o bairro Otaku é um lugar bem tranquilo,quase deserto.


Akihabara ....

...e a estação que parece a porta do inferno.


Eyaro tentando comer o que os indianos chamam de pão.


A estação de Akihabara ,que é bem sujinha e feia,fica mais feia ainda durante a noite,com pouca gente.Pra jantar,nada mais pitoresco que um restaurante indiano.Os donos ,indianos genuínos,com pele morena e com um sotaque carregadíssimo,que nos faz quase não entender a pronúncia do japonês.Mas tudo bem ,encarei um frango regado com curry do inferno e arroz ,enquanto o Eyaro encarou a mesma porção,mas trocando o arroz por aquele tal de Nam,um tipo de pão da India ,que veio em um tamanho proporcional ao número de habitantes do país de origem.


Aí veio o problema.Como tinha desligado o PSP,teria que reconectar a ligação do navegador com o satélite.Só que tokyo ,ainda mais em Akihabara ,existe uma selva de prédios, que impossibilitou uma nova conexão e nos forçou a fazer um turismo involuntário pela capital japonesa.O que foi até divertido.Percebi que algumas pistas do jogo Ridge racers do PSP tiveram as pistas expressas de Tokyo como inspiração,tamanho é o sobe desce,entra e sai de túnel que os motoristas percorrem.Uma experiência ótima,já que é tudo rodeado de prédios,dando um toque de High-tech que só existe nma capital.Só sei que ficamos um bom tempo rodando pelos lados de Shibuya até encontrar o caminho da Tomei.Já tava meio mal humorado ,porque pretendia chegar em Kariya antes das 6 da manhã ,pra ouvir o jogo do São Paulo.Mas encontrado o caminho,correu tudo bem,o eyaro foi dirigindo e eu dormindo com diálogos ocasionais,devido a minha falta de noção entre uma cochilada e outra.Chegando em Hamamatsu ,ainda tinha uma hora de viagem até kariya,que correu bem ,mas tive que fazer uma parada básica, pra lavar o rosto e tomar um café, porque estava morrendo de sono e não queria morrer na estrada.Cheguei em casa as 5 e meia da manhã e ainda ouvi o tricolor vencer o figueirense e se manter líder do campeonato.
Foi cansativo,mas divertido.Serviu pra provar que ir de carro até Tokyo não é nenhum bicho de sete cabeças e na próxima vez nem preciso mais de navegador.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home