kuratiinjapan-remix

terça-feira, fevereiro 17, 2009

A culpa é do Corinthians!

Post retirado integralmente do Blog do Paulinho,o rapaz ameaçado de morte ,por ter revelado em seu blog,as sujeiras que a grande mídia esportiva paulista(quase toda corinthiana),não tem coragem de mostrar:

#############################

“O presidente do Corinthians é um SALAFRÁRIO !”

“Não tem vergonha na cara !”

JOSÉ TRAJANO indignou-se, como todas as pessoas de bem o fizeram, com as atitudes de Andres Sanches no episódio que culminou com a barbárie do Morumbi.

Muitos foram os culpados.

A Polícia, mal preparada, não pode ser isentada.

Embora também tenha sido vítima.

Diferente dos BANDIDOS organizados.

Eles que receberam ingressos do presidente corinthiano e, desde o início da semana, falavam em realizar os atos de que foram protagonistas.

Os torcedores do Tricolor também não são santos.

Foram parte atuante desse episódio trágico.

Mas nada foi pior do que a atuação dos dirigentes e de alguns jornalistas.

O São Paulo tinha o DIREITO de fornecer apenas 10 % de ingressos para o torcedor visitante.

Diferente do que apregoou o irresponsável delegado Mario Gobbi, em programa da BAND, não foi um ato a fim de penalizar o Corinthians.

Vale para TODOS os visitantes.

Enquanto isso, o presidente do Corinthians despejava bravatas populistas na imprensa, com a finalidade de posar de defensor da honra alvinegra.

Queria ser bem visto pelos vagabundos organizados que sustenta com o dinheiro do clube.

Disse que o Corinthians não jogará mais no Morumbi.

Evidente que não vai cumprir.

Após a barbárie soltou uma nota oficial digna de um delinqüente, que provocou a justa reação de Trajano, apoiada pelo blog.

Chamar MARGINAIS organizados de mártires é de causar asco e vergonha entre as pessoas mais esclarecidas.

Populismo barato e irresponsável.

No final, ao incitar ainda mais a violência, Sanches diz que o Corinthians vem sendo tratado como inimigo.

Não é verdade.

Seu vice-presidente de Marketing, Luis Paulo Rosenberg, teceu grandiosos elogios á Juvenal Juvêncio por suposto auxílio na questão do Pacaembu.

Pior ainda foi ler o e-mail que o vice-presidente de Esportes Terrestres, Dr. Felipe Ezabella, que envergonha a cada dia a Faculdade do Largo São Francisco, enviou para o grupo clandestino “Corinthianos Obsessivos”.

Com teor que sugere homofobia e colabora ainda mais para acirrar os ânimos, já tão exaltados.

“Como todos, sempre odiei o Morumbi, não só por ser a casa delas, como também por ser um estádio muito ruim pra chegar, sair e, principalmente, assistir aos jogos.”, disse Ezabella, em clara demonstração de preconceito e despreparo para o cargo que ocupa.

“A decisão do Andrés de não mais atuarmos no Morumbi é a que qualquer um gostaria de tomar.”, com essa declaração, Ezabella tenta justificar o ato irresponsável de Andres Sanches.

“O soco então, foi patético, nem merece mais comentários porque foi um soco que não machuca ninguém, não resolve nada e é prato cheio para TVs e Tribunais”, segundo o Dr. Ezabella, um soco que “não machuca ninguém”, é uma boa desculpa para justificar a expulsão de Túlio.

Não foram apenas os incompetentes e irresponsáveis dirigentes citados acima que merecem um enorme puxão de orelha.

Temos também a declaração infeliz de Kalil Rocha Abdala, vice-jurídico do São Paulo, que chama os corinthianos de “galinha”, na Folha de São Paulo de hoje.

Mostrando claramente que caráter nada tem a ver com posição social.

Há também os jornalistas que se prezam ao papel de palhaços da imprensa.

Incentivadores da desgraça, visando apenas um pouco a mais de audiência.

Gente como o Dr. MENTIRA, que definha sua carreira na BAND.

Quero finalizar dizendo que assino embaixo o discurso de José Trajano no programa Linha de Passe da ESPN.

E que estou muito orgulhoso dele, por tê-lo feito.

Há vida inteligente e honesta no jornalismo brasileiro.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home