kuratiinjapan-remix

sexta-feira, outubro 23, 2009

Bambis!!!!!


Texto do jornalista Rica Perrone,que fala sobre a diferença entre o São Paulo e os outros times,e o apelido Bambi:

Se você é sãopaulino, fatalmente se incomoda com o apelido de “bambi”. Se não for, se diverte com ele. Sim, pois nenhum apelido “afeminado” pegou tanto no futebol mundial como este. Começou timidamente, como existem os “gambas”, “sereias”, “moranguinhos”, “flor”, etc. Até que um dia Vampeta abriu a boca no microfone, e desde então se estabeleceu um rótulo imortal.

Ficaram irritados, que é a pior coisa que alguém pode fazer quando recebe um apelido maldoso. Com isso, se tornaram “os bambis”. O marketing do apelido foi feito pelos próprios sãopaulinos, que se revoltaram. Mas, como tudo na vida tem motivo, essa história também tem.

Fui “pesquisar” sobre os apelidos dos times para encontrar de onde vem a força desse “bambi”, que é recente. Não é dificil encontrar.

Como qualquer cidadão, o clube de futebol tem características de acordo com sua historia. A historia do futebol paulista dá ao SPFC o rotulo claro e prático de time de playboy. Pois, no popular, era mesmo.

Assim como voce nao ve muitos negros no italiano Palmeiras, você também tem motivos para criar o “bambi”. A história, resumida e superficial do futebol paulista indica exatamente isso: O time dos ricos x o time dos italianos x o time dos pobres. Não preciso especificar.

E como funciona até hoje, quando você vê um artista bonito, famoso, rico e saudavel, o que voce diz? ”É viado!”.

Se chama inveja por um lado, defesa por outro. O que está abaixo sempre quer atingir o que está em cima. É cultural. Afinal, diz a teoria covarde do ser humano que é mais fácil você diminuir o sucesso de alguem do que tentar chegar nele. Logo, se atira pedra em quem está em cima e se elogia quem está subindo aos poucos.

O corintiano é fanático porque o seu clube é, historicamente, a chance do pobre vencer o rico. Quando começou era isso. O operario vencendo o time do patrão. E isso não é piada, é história. Por isso a fama de “maloqueiro e sofredor” contra a fama de bambi e playboy. Tem justificativa.

Eu não me incomodo com o apelido. Pelo contrário, acho engraçadissimo! Todo dia entro na Tricolorshop, que fica perto de casa, e digo “bom dia, bicharada!”. Quando vejo alguem de rosa, ja pergunto porque está com a camisa do SP, etc. Acho que futebol é isso! Brincadeira, ponto final! Tem que tirar sarro mesmo, entrar no clima e devolver a altura pro rival. Afinal, como sempre digo, futebol é serio pra mim, pro jogador, pro técnico. Mas pra torcedor tem que ser Lazer! Só.

A postura da torcida do SPFC é diferenciada. Para alguns, ótimo. Pra mim, uma pena.

Paixão é algo que a gente ganha na dificuldade. Quando você conquista uma mulher com meia duzia de palavras ela dificilmente te apaixona mais do que aquela que levou meses pra conseguir. É a lei da vida.

O Corinthians batalhou muito pra ter seus titulos. O torcedor sofreu muito, perdeu muito, viveu muita crise. O Sãopaulino não.

Alias, como sempre digo, o sãopaulino é assim meio desligado porque simplesmente não tem idéia do que é sofrer. Ele acha que tem, mas nem no sonho mais distante sabe o que é isso.

E aí há quem diga que a dor de cair é igual a dor de perder a Libertadores. Faz me rir. Uma coisa é você ver seu amor humilhado de mãos atadas, a outra é ver ele deixar de ser o maior de todos. São coisas completamente diferentes. Mas, explicar pra sãopaulino é duro, exatamente porque eu estou falando grego com ele.

Canário que nasceu na gaiola não sabe sobreviver na floresta. Sãopaulino não sabe o que é sentir vergonha e nem sabe o que é sofrer. Por isso, esse discurso fica fácil pra maioria dos torcedores, impossivel pra ele entender.

Aí dirão: Mas isso é ruim? Não, claro que não. É um mérito do SPFC, um elogio ao clube, uma sorte que a torcida tem.

Gera consequencias, óbviamente. Mas, é justificavel.

Pra que vou ao Morumbi se sei que meu time estará nas finais? O que é risco de cair? Como é esse papo de amor incondicional mesmo? O que esses torcedores doentes vão encher estádio em décimo lugar? Pra que?

Pro flamenguista é mole entender. Pro corintiano, pro atleticano, pro gremista… mas pro sãopaulino não é.

Não tenha duvida alguma no que vou dizer: O titulo brasileiro é muito mais saboroso ao Atlético se vier do que ao Sãopaulino. Simplesmente porque pro tricolor virou feijão, e pro atleticano tá virando caviar. Logo, ele terá muito mais prazer em “almoçar”.

Você realmente acha que um torcedor do SPFC tem idéia do que é sofrer? A pior colocação dele é décimo quinto, num ano onde foi campeão estadual. Ou seja… momento ruim é ser quinto, sexto, terceiro. O momento ruim do outro é cair, se endividar, não ter um time forte, não ter perspectiva.

Ou você acha que em janeiro sãopaulino raciocina igual botafoguense? Um pensa em Mundial, o outro em fazer uma campanha bacana e, quem sabe, com ajuda de Deus, um titulo.

Isso diferencia o torcedor do SPFC e o clube. São numeros.

O SPFC é quase uma empresa. Se trabalha, friamente se analisa, friamente se comemora lucros e mais friamente ainda se cobra mais lucro. “Torcida empresarial”, dizem. E eu odeio isso. Mas… é justificavel.

O bambi só existe porque o rico é sempre “viadinho” aos olhos de quem não pode ter. O bambi existe porque é mais bonito ser maloqueiro do que acomodado. O bambi existe porque o SPFC é o que precisam rebaixar para justificar suas dificuldades.

Mas, também, diga-se, o bambi existe porque o sãopaulino ficou puto com o apelido.

Na Argentina, quando falam em SPFC, o torcedor do Boca imediatamente diz “bambi”. Não tem como tirar isso. Vai ficar por dezenas de anos o rótulo de time de playboy, mocinhas, engomadinhos, etc.

O que na verdade não passa de uma evolução do apelido.

Antigamente, chamavam de engomadinhos. Depois, playboys. Hoje, mais vulgarmente, de viado. E idem pro futebol.

Então, caros tricolores, não se importem tanto.

As mil qualidades que levaram o clube a este patamar e a sua torcida a essa postura quase indiferente, são os mesmos motivos que levaram aos demais a buscar este apelido. E com isso vem a postura “arrogante” do clube e da torcida, que só aumenta a motivação dos demais em desmerecer e do sãopaulino em se tornar irritante a eles.

Perde-se em emoção, pois a verdadeira graça do futebol é o sobe e desce, o sofrimento, a dor, a alegria, a incerteza, etc. Mas, ganha-se em argumentos, alegrias, mesmo que mais contidas que a maioria.

O “bambi” só vai morrer quando não derem importancia a ele.

Convenhamos, não é o caso.

Os rivais criaram, mas quem alimenta é o próprio sãopaulino

2 Comments:

  • Acho que é por isso que sou vascaíno. Time falido e na segundona.
    Não tem graça torcer pelo São Paulo, esse time ganha todas!!!
    []'s

    By Blogger Carlo, at 12:19 AM  

  • Você é um jornalista de merda, isso sim!
    Pra falar assim da história de um clube que começou sofrido com Phorfirio da Paz, passando fome, sendo despejado de casa, tentando com todos os meios encontrar jogadores, um verdadeiro guerreiro tricolor!
    O SPFC foi o primeiro clube a levar torcida uniformizada ao estádio!
    O são paulo foi ovacionado na inauguração do pacaembu! Sua bandeira representou a bandeira do estado nos anos 40!
    Amigão, você não sabe o que SPFC!

    By Blogger Robtricolor, at 2:03 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home