kuratiinjapan-remix

terça-feira, agosto 10, 2010

A crise continua?

Sim,a crise aqui no Japão ainda continua firme e forte.Embora as coisas tenham melhorado um pouco,eu ainda não me atreveria a arriscar uma vinda ao Japão para planos de longa permanência.Digo isso para quem deseja vir como dekassegui, peão de fábrica,e deseja fazer parte do proletariado infeliz.Uma olhadela nas revistas gratuitas da comunidade ,pode até animar,pois as ofertas de emprego triplicaram,assim como as exigências.Nihongo,condução e moradia própria são requisitos constantes nas entrevistas,sem contar que pedem experiência também.Pra mulher solteira e sem filhos,o momento é deveras propício.Tem vaga de sobra na indústria de eletrônicos,sendo que em muitos lugares não é necessário nem nihongo.É só ter duas pernas ,dois olhos e dois braços que está contratada.
Na área de auto-peças,que paga os melhores salários,o negócio é aproveitar o momento,enquanto ainda existe trabalho,pois a tendência das montadoras é mudar as fábricas pra outros países da Ásia,barateando ainda mais a mão de obra.

Eu sei lá como estão as coisas no Brasil ,ou o que pensa o zé povinho,mas ainda existe a idéia de que o Japão é mina de ouro na cabeça de muita gente,principalmente no povo periférico.Lá nas quebradas,onde eu resido,parece lei.Neguinho casou com nikkey,a primeira coisa que decidem é vir pro Japão.Quando eu estive lá em 2008,não foram poucas as vezes que quando apresentado a uma garota,a primeira coisa que me diziam era:-Casa comigo,aí a gente vai lá pro Japão,ficar rico!!!
Pior é que na net mesmo.Semanas atrás uma pessoa que me adicionou no orkut,veio me fazendo propostas de casamento,pra que ela pudesse vir pro Japão,e me pagaria uma certa quantia por mês,pra sustentar esse casamento de contrato.Um absurdo que mereceu um bom tempo de digitação ,pra explicar não só a atual situação do Japão ,mas também a índole deste que vos escreve.
Enfim,se vc for mulher(principalmente solteira e sem filhos) e estiver afim de trabalhar,pode vir que trabalho aqui tem.Para os homens eu recomendo o mesmo que todas as empreiteiras estão recomendando atualmente.Saiba japonês e tenha carteira de motorista.Para casais,com filho pequeno,desejo boa sorte,e recomendo que ambos venham preparados e bem informados sobre o que vão encontrar por aqui,pois mesmo que arrume uma boa creche,se a criança ficar doente,um dos pais vai ter que sair do trabalho ,buscar a criança na creche e levar ao hospital.Daí ,é bom que ambos tenham carteira de motorista e saibam japonês pra revezar nas faltas ,caso a criança necessite de ficar por dias no hospital.
Mas a maior dica seria não vir pro Japão com passagem financiada por empreiteiras.Além de passar 6 meses pagando a tal passagem ,muita empreiteira conta uma estória no Brasil e quando chega aqui te coloca num emprego que não tem nada a ver com o combinado.Isso aconteceu muito até mesmo na época da crise,quando os jornais cansaram de mostrar que o Japão estava na merda ,e essas empreiteiras continuavam a mandar gente pra cá dizendo que a crise era passageira,ou uma marolinha,como diria o nosso presidente.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home