kuratiinjapan-remix

sábado, novembro 06, 2010

Governo e Corinthians passam a mão no dinheiro público

Passado o período eleitoral, como prevíamos neste espaço, as coisas começam a caminhar para a construção do “Fielzão”.

O BNDES, com a benevolência da intermediação governamental, emprestará R$ 400 milhões para a obra, mesmo sem nunca ter sequer visto um rascunho do projeto.

Atitude bem diferente do que vem acontecendo com outros estádios, como no caso do Morumbi, também em São Paulo.

Mas a farra não vai parar por ai.

Definido que a capacidade do “Fielzão” será mesmo superior a 60 mil espectadores, estima-se que a obra custará em torno de R$ 600 milhões.

Sabedores que somos de que neste tipo de empreendimento, cercado de interesses, o valor orçado nunca é respeitado, podemos prever um custo real ultrapassando a casa do Bilhão de reais.

Quem pagará a diferença ?

Com certeza não será o Corinthians que, atolado em dívidas, por vezes nem para a conta de luz consegue encontrar recursos.

A FIFA também diz que não ajudará.

Meus amigos do blog, o cenário é bem claro.

Inicia-se a obra com o dinheiro do BNDES (dinheiro público).

Quando o prazo estiver se esgotando e os recursos para a finalização do empreendimento não surgirem, adivinhe quem socorrerá o “Fielzão” ?

É claro.

Eu , você, todos nós.

O Governo, para evitar o vexame, colocará nosso dinheiro a fundo perdido em um estádio particular.

É a crônica do roubo anunciado.

Todos sabem quando e como acontecerá, mas nada fazem para impedir.

Uma vergonha.



Mídia sem média

#########################

O estádio corinthiano será construído com dinheiro público.O dinheiro que você paga de imposto vai pra construção de um estádio particular...isso ainda não aconteceu,mas pode vir a acontecer.Boa parte do povo paulista já provou que é idiota(vote tiririca) ,a constatação final será quando deixarem que a construção desse estádio aconteça, com o uso do dinheiro público.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home